"Speak softly and carry a big stick" Theodore Roosevelt

.posts recentes

. Não, não é estranho

. This is so wrong at so ma...

. Mad Men

. Mentirosinho mas bonitinh...

. De volta

. É um espectáculo

. Filhos e enteados

. Triste fado

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

Terça-feira, 16 de Março de 2010

Não, não é estranho

Deixo aqui o link de um artigo de Helena Matos no blog Blasfémias, relativo à forma como têm sido noticiados os casos de pedofilia dentro da Igreja Católica. É um artigo pequeno mas que deixa bem claro como discretas e subtis alterações na linguagem podem fazer uma grande diferença e revelar toda uma forma de pensar.

 

blasfemias.net/2010/03/13/e-estranho/

 

 

publicado por bmptavares às 04:19
link do post | comentar | favorito
|

This is so wrong at so many levels...

www.sabado.pt/Pessoas_V2/Entrevista-Dura/Ines-de-Medeiros/Ines-de-Medeiros.aspx#

 

O link acima vai conduzir-vos ao vídeo da entrevista da deputada Inês de Medeiros à revista Sábado.

Quando eu escrevo sobre uma certa esquerda com pretensões a intelectual, geralmente sou acusado de ser injusto, arrogante e outras coisas piores. Mas a verdade está à vista de todos. Esta gente vive na estranha convicção de estar acima dos outros, de pairar acima das regras que se aplicam aos outros. Por mim tudo bem. Há tanto maluco por aí. O que realmente me aflige é o moralismo com que julgam os outros e a complacência consigo próprios ou com os seus amigos.

Eu, que sou católico e conservador, gosto pouco de moralistas e moralismos. Aprecio mais a decência. Infelizmente, está em falta por aí...

publicado por bmptavares às 04:00
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Março de 2010

Mad Men

Don Draper foi considerado pelos leitores do portal askmen.com o homem mais influente do ano, à frente de Barack Obama ou de Usain Bolt. Nem seria de estranhar, sendo que não é difícil suplantar um vazio político e um corredor da Jamaica. Mas a questão é que se trata de uma personagem de ficção. Don Draper é o publicitário de grande sucesso da série norte-americana Mad Men (que já passou na RTP2). Mas a coisa torna-se ainda mais estranha se tivermos em conta que Draper é um homem atraente que, entre golpes de génio, divide o seu tempo entre as numerosas amantes e o copo de bourbon, tudo isto enquanto acende mais um Lucky Strike. Ou seja, Don Draper é tudo aquilo que o "novo homem moderno" não deve ser, num tempo amordaçado pelo politicamente correcto e por um moralismo atroz. Ele é o homem que relembra uma certa virilidade elegante e contida.Talvez seja precisamente isso que fascina: todos queremos ser, de uma forma ou de outra, Don Draper.

publicado por bmptavares às 03:45
link do post | comentar | favorito
|

Mentirosinho mas bonitinho

Uma sondagem divulgada pelo jornal Público revela que 59.8% dos portugueses acreditam que o Primeiro Ministro mentiu no Parlamento quando afirmou desconhecer o negócio PT/TVI. Simultaneamente, 40.6% voltariam a votar no Eng.º(?) Sócrates. Esta aparente convivência pacífica dos portugueses com a mentira  e o desrespeito pelas instituições revela bem a que ponto chegámos. Quando um povo releva as falhas de carácter de quem o governa não tem dignidade para se queixar seja do que for.

publicado por bmptavares às 03:39
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 21 de Fevereiro de 2010

De volta

Isto de manter um blog, sozinho, pode ser muito enfadonho. É por isso que, às vezes, passo algum tempo sem escrever nada. Também se deve dizer em abono da verdade que, com o que vai por este país, uma pessoa até perde a fala.

publicado por bmptavares às 04:02
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Fevereiro de 2010

É um espectáculo

Muito sinceramente, eu aprecio as pessoas simples. Há um certo amparo na simplicidade. Hoje, por acaso, enquanto jantava, estive a ver o "Preço Certo" - esse bastião do serviço público. Mas ao ver aquele público percebi porque é que Sócrates goza de semelhante impunidade e popularidade...

publicado por bmptavares às 20:38
link do post | comentar | favorito
|

Filhos e enteados

Santana Lopes não fez um décimo do que já fez Sócrates e, no entanto, foi enxovalhado, gozado e espezinhado por todos: adversários políticos, comunicação social e cidadãos comuns. Com Sócrates não vejo essa vaga de fundo que, finalmente, o colocasse no seu devido lugar.

publicado por bmptavares às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Triste fado

Mas o pior de tudo é este povo que não se mexe para mudar seja o que for, enquanto for pingando, pouco que seja, no seu bolso. Que só se mobiliza para apoiar a Selecção e só se manifesta nas ruas para exigir mais privilégios e mais aumentos.

publicado por bmptavares às 20:29
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
25
26
28
29
30

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds