"Speak softly and carry a big stick" Theodore Roosevelt

.posts recentes

. Pimbalhada

. Ia sendo...

. Pela Liberdade

. A beleza do socialismo mo...

. Censura

. Conta-me como (foi) é...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

Domingo, 21 de Fevereiro de 2010

Pimbalhada

 

O que o "caso das escutas" põe a nu, não são apenas as jogadas de bastidores de um punhado de assessores e amigos de Sócrates para condicionarem os media. É mais do que isso: põe a nu a (falha de) qualidade de uma nova geração de políticos; a sua falta de carácter e escrúpulos; a sua vulgaridade e - porque não? - a sua ordinarice. Estamos entregues a uma gente rasteira e tonta que anda muito na moda, muito politicamente correcta, muito moralista e empertigada mas cuja vacuidade apenas esconde uma vulgaridade arrepiante. Gente que pretende iludir os seus modos de carroceiro com fatinhos italianos.

 

publicado por bmptavares às 04:07
link do post | comentar | favorito
|

Ia sendo...

Acho muita graça àqueles que dizem que é absurdo falar em ataques à liberdade de imprensa ou de expressão, pois os jornais continuam a publicar aquilo que querem. Continuam porque o plano foi descoberto e falhou. E mesmo assim...

publicado por bmptavares às 04:05
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

Pela Liberdade

 

Podem assinar a petição aqui:

www.peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx

publicado por bmptavares às 04:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

A beleza do socialismo moderno

 

As manifestações de cidadãos na Venezuela acabam assim. Esta é apenas a menos gráfica das fotografias publicadas no site da Fox News.

Com o andar da carruagem já estivemos mais longe disto por cá.

www.foxnews.com/slideshow/scitech/2010/01/29/twitter-photos-venezuelan-protests

 

publicado por bmptavares às 01:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Censura

 

(www.institutosacarneiro.pt/)

 

(sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx)

 

O que sucedeu com Mário Crespo, a confirmar-se, é lamentável e grave? É. Mas é surpreendente? Não. Estas pressões acontecem não só porque temos governantes medíocres mas também empresas e empresários dependentes do Estado e que, por isso, baixam a cabeça e aceitam tudo. Além disso, a opinião pública portuguesa apresenta níveis de indignação, sobre estes assuntos, comuns aos moluscos (os portugueses sempre foram muito apreciadores do chamado "respeitinho"...). Não há uma reacção do público, uma manifestação de repúdio dos pares ou uma acção contundente dos tribunais. Nada. Zero.

O governo, como todos os governos em todos os países em todos os tempos, tenta influenciar os media. Este que agora finge que nos governa experimentou a primeira vez, com algum decoro e até receio. Mas a coisa pegou. Ninguém disse nada, ninguém levantou ondas, ninguém se mostrou indignado ou chocado. E assim foram avançando lenta mas inexoravelmente, perante a passividade de todos. Como se diz na minha terra: agora limpem as mãos à parede...

 

publicado por bmptavares às 01:29
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

Conta-me como (foi) é...

 

A origem do mundo, Gustave Courbert

 

Segundo o Público, a PSP de Braga apreendeu, numa feira de livros em saldo, alguns exemplares de um livro sobre pintura, considerando pornográfica a capa do dito. Em questão está o quadro A origem do Mundo, de Gustave Courbert.

O que me interessa não é discutir a natureza da imagem ou se deve haver algum critério na exibição de imagens semelhantes, uma vez que é muito difícil traçar uma linha entre o que é pornográfico e o que não é.

A questão central é que esta acção da PSP se insere num movimento maior das autoridades portuguesas. Há poucos dias, aconteceu um acto semelhante, quando uma magistrada do Ministério Público proibiu a utilização de certas imagens num dos carros alegóricos do carnaval de Torres Vedras. A verdade é que sempre existiu essa pulsão censória nas autoridades portugueses, sempre mais atentas aos "bons costumes" do que ao crime. Mas a coisa agudiza-se com os governos mais autoritários, aqueles que confundem o exercício da autoridade com autoritarismo e, logo, com moralismo. Infelizmente, as autoridades policiais e judiciais tendem a comportar-se de acordo com o modelo que emana dos governos.

Sócrates foi (e é) um exímio executante dessa forma subtil de fazer saber o que lhe agrada, sem nunca ser rigorosamente claro. São pequenas acções e comentários que começam a ser interiorizados pelos escalões intermédios da administração pública e que, lenta mas inexoravelmente, alcançam toda a sociedade. E a mediania é sempre mais zelosa do que o topo da escala, por querer agradar o chefe. Desde o episódio do professor Charrua, passando pelas incursões da polícia às instalações de sindicatos, até ao caso da directora de um Centro de Saúde demitida por causa de um panfleto, tudo demonstra um sentimento de censura e delacção das chefias intermédias.

Nunca, em tempo de democracia, se viveu um sentimento de medo tão alargado, sobretudo nas relações dos indivíduos com o Estado. Mesmo as empresas (muitas delas dependentes de negócios com o Estado) se mostram receosas, mesmo quando estão em causa direitos seus. E quanto maior for a intervenção do Estado na sociedade, maior será a tentação de controlar.

 

Estes actos revelam, acima de tudo, uma noção distorcida das competências das autoridades: elas não servem para julgar a moralidade dos actos dos cidadãos, mas para assegurar os seus direitos e liberdades. Essa noção moralista da autoridade é própria de regimes autoritários que, tendo já alcançado o controlo de tudo o resto, se dedicam a fiscalizar o comportamento dos cidadãos.

 

Por fim, é de notar que a acção da polícia teve o feito exactamento contrário àquele pretendido: foi o suficiente para que um quadro relativamente desconhecido se visse multiplicado por todos os meios de comunicação social...

 

publicado por bmptavares às 01:07
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
25
26
28
29
30

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds