"Speak softly and carry a big stick" Theodore Roosevelt

.posts recentes

. ...

. Subtilezas

. O Incrível Hulk

. Quando a Arte era Arte 4 ...

. Stars

. Às escuras

. Al Capone

. Anda tudo maluco

. I beg your pardon?

. Não, não é estranho

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Milhões da RTP

A RTP é uma vergonha! É um sorvedouro de dinheiros públicos (400 milhões por ano) que ninguém parece contestar. Além disso, ainda absorve uma parte da publicidade disponível. Como é possível gastar tanto dinheiro por ano? Esse conceito obscuro que é o "serviço público" serve de pretexto a todos os desmandos e alarvidades. Simplesmente, esse pretexto garante uma cultura de desperdício de meios sem nenhum sentido. As duas últimas preciosidades saídas das cabeças que comandam a estação pública ilustram na perfeição por onde se escoa o dinheiro dos contribuintes: a primeira foi esta ideia peregrina de pregar com um monte de pessoas no fundo de uma mina (depois de ver o programa, a ideia não me pareceu tão disparatada...). Alguém consegue calcular a quantidade de meios que foi necessário deslocar (deslocação que, suponho, teve dificuldades acrescidas)? Esse gasto seria estritamente necessário? Outro escândalo é a nova "xaropada" sem graça que arranjaram para justificar o salário de Catarina Furtado. Trata-se de um concurso pobrezinho, onde seis "celebridades" brincam a uma espécie de "trivial pursuit" musical. Dito assim, seríamos levados a pensar que tudo se passava num estúdio modesto, com meia dúzia de figurantes a aplaudirem. Qual quê? Isso é para as estações privadas, de orçamentos apertados. Na esbajadora RTP, a coisa justifica banda ao vivo, cantores, corpo de bailarinos, duzentas pessoas a assistir, primeira figura da casa a apresentar, horário nobre. Ou seja, um programa de entretenimento saído dos serões dos anos 60 justifica uma produção milionária.

publicado por bmptavares às 02:51
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
25
26
28
29
30

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds