"Speak softly and carry a big stick" Theodore Roosevelt

.posts recentes

. ...

. Subtilezas

. O Incrível Hulk

. Quando a Arte era Arte 4 ...

. Stars

. Às escuras

. Al Capone

. Anda tudo maluco

. I beg your pardon?

. Não, não é estranho

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

Quarta-feira, 31 de Março de 2010

...

 

Cousins, Vampire Weekend

tags:
publicado por bmptavares às 03:14
link do post | comentar | favorito
|

Subtilezas

Curioso post de João Miranda no Blasfémias.
publicado por bmptavares às 02:57
link do post | comentar | favorito
|

O Incrível Hulk

Acho graça a esta história do Hulk (curiosa alcunha). Se bem percebo há uma relação directa entre o facto do moço ter estado sem jogar durante 12 jogos e as prestações do FCP. Bem, os outros jogadores do clube devem estar mesmo satisfeitos com tanto apreço pelo seu trabalho...

publicado por bmptavares às 02:52
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Março de 2010

Quando a Arte era Arte 4 - Pintura

 

 

 

 

Uma lebre e uma perna de cordeiro, 1742

Jean-Baptiste Oudrey

The Cleveland Museum of Art (Cleveland)

tags: ,
publicado por bmptavares às 03:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Stars

Pedro Passos Coelho é o novo presidente do PSD. Ou seja, é mais ou menos como se elegessem o Brad Pitt para derrotar o George Clooney.

publicado por bmptavares às 03:41
link do post | comentar | favorito
|

Às escuras

Com o patrocínio da WWF Portugal, algumas cidades portuguesas vão embarcar nessa patacoada provinciana que é a Hora do Planeta: uma acção simbólica que encoraja os cidadãos a desligar as luzes por uma hora. O encorajamento do retrocesso à Idade Média vai ter lugar no próximo Sábado (dia 27) entre as 20.30h e as 21.30h. À mesma hora joga o Benfica. Adivinha-se um sucesso...

publicado por bmptavares às 03:37
link do post | comentar | favorito
|

Al Capone

As novas escutas telefónicas sobre conversas entre Armando Vara e José Sócrates, publicadas pelo jornal SOL, revelam uma linguagem cifrada por saberem que estariam a ser alvo de escutas (se não é isso, estavam os dois com alguma febre cerebral que lhes toldava o juízo...). Coisa de gangsters, portanto. De pacotilha. Mas, ainda assim, gente perigosa.

publicado por bmptavares às 03:33
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Março de 2010

Anda tudo maluco

Diz-se por aí que, segundo um estudo da OMS e da Universidade de Harvard, cerca de 23% dos portugueses sofreram de doença mental, no período de um ano anterior ao inquérito.

Realmente, isto parece cada vez mais um país de loucos.

publicado por bmptavares às 03:41
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Março de 2010

I beg your pardon?

Não é estranha nem discreta a minha alergia à arte contemporânea. Simplesmente não a compreendo e, por isso, não a aprecio. E, cada vez mais, essa minha visão se reforça ainda que isso me possa grangear o desprezo dos "agentes culturais" (passe a imodéstia, não seria particularmente perturbador).

Vem isto a propósito de um artigo publicado no suplemento cultural do Expresso, sobre o primeiro filme de Inês Oliveira: Cinerama. Passo a citar:

 

"Esta conversa é o meu filme, e eu sou o meu filme."

 

"O filme é político, ou tem uma dimensão política, na medida em que é apolítico (sic). Não vai em nenhuma direcção. Expande, não explode, implode. Não sei qual é a máquina de trabalhao o filme, porque parece que se come a si mesmo."

 

"O filme pode também afigurar-se um enorme labirinto no qual os espectadores podem circular."

 

Sejam sinceros: alguém percebeu alguma coisa? Eu não. Quando uma obra de arte, seja ela qual for, necessita de um discurso explicativo ou auto-justificativo deixa de ser arte e passa a ser outra coisa qualquer. A obra de arte não existe pelo artista, existe pelo espectador.

 

 

publicado por bmptavares às 04:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Não, não é estranho

Deixo aqui o link de um artigo de Helena Matos no blog Blasfémias, relativo à forma como têm sido noticiados os casos de pedofilia dentro da Igreja Católica. É um artigo pequeno mas que deixa bem claro como discretas e subtis alterações na linguagem podem fazer uma grande diferença e revelar toda uma forma de pensar.

 

blasfemias.net/2010/03/13/e-estranho/

 

 

publicado por bmptavares às 04:19
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
25
26
28
29
30

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds